Limpeza Estações de Tratamento de Água

Limpeza de ETE – Estação de Tratamento de Água e Esgoto com Hidrojateamento.

Materiais adequados, profissionais altamente capacitados e caminhões hidrovácuo que possuímos, removemos lodo, areia contaminada e demais dejetos que, em suma, se acumulam nas estações.

A Lowe garante observar todos os detalhes das estações.

Limpamos a área geral e destinamos de forma correta o material recolhido.

Realizamos emissão de certificado que atesta, enfim, que não houve dano ao meio ambiente.

Limpeza Estação Tratamento de Água



    11 4392-7439 | 11 4392-9454

    Sobre a limpeza de estações de tratamento de água e esgoto

    Tanto as Estações de Tratamento de Água (ETA) quanto as Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) existem para tratar a água. No primeiro caso, ela capta a água de represas ou de rios, e após a realização de uma série de fases de tratamento, entrega a água potável para nossas casas.

    Já no segundo caso, portanto, as ETE, a água que vem do esgoto é tratada, visando retirar os dejetos a fim de possibilitar sua reutilização. Por meio da passagem da água por uma estação de tratamento de esgoto, é possível remover por volta de 95% das impurezas, dejetos e microrganismos. Assim, é possível transformar essa água, anteriormente totalmente impura, em uma água própria para uso em alguns setores industriais e/ou para irrigação de plantas.

    De toda água do mundo, apenas 2,5% é doce. O restante, portanto, é considerada salgada e/ou não adequada ao consumo direto. E dentro dessa pequena porção de água doce, cerca de 69% está congelada em geleiras, enquanto 30% fica no subsolo. Em resumo, é preciso cuidar muito bem da água potável do planeta.

    Processo de limpeza de uma estação de tratamento

    O processo de limpeza das estações de tratamento buscam, inegavelmente, reproduzir o que um rio faz naturalmente. Isso é feito por meio de uma série de fases:

    A construção da ETA é composta da seguinte forma:

    • Primeiramente, ocorre captação e adução (transporte);
      Em segundo lugar, os químicos são utilizados: soluções de produtos químicos (sulfato de alumínio, cloreto férrico etc.) que aglutinam os sedimentos em suspensão sob a forma de flocos com peso suficiente para a etapa seguinte, ou oxidantes (cloro, ozônio, etc.) para determinados compostos presentes;
      Logo após, ocorre a decantação: local da ETA onde ocorre a sedimentação dos flocos e/ou compostos decantaveis da etapa anterior, produzindo a clarificação da água bruta;
    • Posteriormente, é feita a filtragem: etapa em que se finaliza o processo de clarificação e retenção dos contaminantes;
    • Finalmente é realizada a desinfecção: é adicionado o cloro, normalmente sob a forma de hipoclorito de sódio, para inativação de carga biológica remanescente da filtração, a fim de garantir a proteção microbiológica.

    Cuidados importantes

    Mesmo que as estações de tratamento de água e esgoto estejam funcionando perfeitamente, com limpeza e manutenção constantes executadas pela Lowe, é preciso tomar alguns cuidados.

    Entre a saída da água potável das estações até a chegada na torneira, existe um longo caminho. Primeiramente, os canos que interligam a saída da estação até a chegada nas milhões de residências existentes. Em segundo lugar, a possibilidade da caixa d’água estar suja e, portanto, contaminar a água limpa que seja até o consumidor final.

    Por isso, é fundamental que a limpeza de caixa d’água seja realizada periodicamente, a fim de mantê-la limpa. Esse serviço a Lowe também realiza, com profissionais capacitados e equipamentos de ponta.

    Solicite nossos serviços de limpeza das estações de tratamento de água e esgoto em São Bernardo do Campo, Santo André, São Paulo e região!

    Lowe e os Cookies: utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação e oferecer conteúdo personalizado.